Iapen confirma que detento foi espancado até a morte no presídio da capital


Mônica Regina, do ecos da notícia

Foto-cedida ao Ecos da Notícia

O Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre (Iapen-Ac) confirmou que o detento Emerson Galdino de Souza, 19 anos, morreu em decorrência de agressões físicas. O fato ocorreu no final da tarde de terça-feira (7) na cela 4, do pavilhão E, no Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

Numa nota enviada à redação do Jornal Ecos da Notícia, a direção do instituto afirma que Souza foi agredido pelos outros presos que dividiam a cela com ele. Os homens envolvidos na morte foram conduzidos à Delegacia de Flagrantes (Defla) onde foram ouvidos pelo delegado plantonista e colocados à disposição da Justiça.



Veja a nota na íntegra

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN) vem a público esclarecer que o óbito do reeducando Emerson Galdino de Sousa, ocorrido na tarde desta terça-feira, 07, no Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde, no pavilhão E, cela 4, decorreu em função de agressões sofridas por parte de outros presos da cela em que se encontrava custodiado.

Os autores do homicídio foram conduzidos à Central de Flagrantes para a responsabilização penal.

O IAPEN se solidariza com a família do reeducando morto e está prestando toda a assistência no trâmite administrativo e psicossocial.

Aberson Carvalho de Souza
Diretor Presidente do IAPEN


Notícias Relacionadas