Zico pede intervenção na CBF: ‘Se não houver, não vai resolver’


da redação ecos da notícia

Foto/Reprodução

ex-jogador Zico fez duras críticas ao comando da Confederação Brasileira de Futebol. Em entrevista à coluna “Marina Caruso”, do jornal “O Globo”, o ídolo do Flamengo foi perguntado se Tite deveria seguir à frente da seleção e acabou respondendo assim:



“Isso é escolha de cada um. Quem deveria sair é o comando (da CBF). A gente não merece ter um presidente preso (Marin), um banido (Del Nero) e um sumido. A gente nem sabe o que o atual (coronel Nunes) está fazendo lá. Aliás, o esporte em geral está jogado às traças. Basta ver essa medida provisória (821) que corta verba do esporte”, começou o Galinho, afirmando na sequência que a vontade dele em presidir a entidade ficou no passado.

“Se fosse uma disputa democrática, mas criaram uma eleição às escondidas. Só aquela turma participa. Isso é duro. Não se pode trabalhar de forma decente. Se não houver intervenção lá, não vai resolver”, finalizou.


Notícias Relacionadas