ENEM 2017: estudantes podem consultar espelhos de correção da redação


Por Tunísia Cores - Ascom Educa Mais Brasil

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou nesta segunda-feira (19) os espelhos de correção da redações escritas por estudantes no ENEM 2017 (Exame Nacional do Ensino Médio). O documento pode ser visualizado na Página do Participante, acessado por meio do site do INEP mediante inscrição de CPF e de senha.

Segundo o INEP, órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), não foi atribuída nota zero à redação que feriu princípios dos Direitos Humanos apesar de esta possibilidade constar no edital do ENEM 2017. A não atribuição deve-se à orientação do Supremo Tribunal Federal. Candidatos “treineiros” terão as respectivas notas de redação em, aproximadamente, 60 dias.



Foram considerados como critérios de correção a atenção do candidato às cinco competências listadas na Cartilha do Participante – Redação do Enem 2017. São elas: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos

ENEM 2017

Mais de 7,6 milhões de candidatos se inscreveram no ENEM 2017, de acordo com o Inep. O exame é utilizado como um dos principais critérios de ingresso em cursos de graduação de instituições de ensino superior do Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), permitindo também acesso a universidades de Portugal.

No entanto, quem não obteve nota suficiente para ser aprovado nos cursos de graduação por meio do SISU pode buscar bolsas de estudo com desconto de até 70% através de programas como o Educa Mais Brasil. Acesse http://www.educamaisbrasil.com.br/ac24horas e confira as oportunidades.


Notícias Relacionadas