Siga-nos

Aguarde processando...

X

Jovem desaparece ao tomar banho em igarapé que transbordou após temporal que atingiu Rio Branco

G1

Raimundo da Silva Rodrigues tomava banho com amigos no igarapé na região do bairro Tropical quando sumiu nas águas. Bombeiros fazem buscas no local.

O jovem Raimundo da Silva Rodrigues, de 18 anos, está desaparecido desde o meio-dia desta quarta-feira (14).

Ele e os amigos tomavam banho no Igarapé São Francisco, na região do bairro Tropical, quando o jovem sumiu nas águas. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros que faz buscas no local.

O major dos Bombeiros, Cláudio Falcão, informou que a equipe está fazendo buscas inicialmente de forma “superficial”, já que a correnteza do igarapé está muito forte, devido a enxurrada que atingiu a cidade na terça-feira (13).

“Depois do colégio que tem no bairro, tem uma passarela que liga umas casas e um grupo de jovens estava tomando banho no igarapé que está cheio. Daí foi justamente quando aconteceu o acidente de afogamento. Chamaram nossa equipe de busca e salvamento e fomos para o local”, disse o major.

Sobre as dificuldades de fazer buscas no local, Falcão explica que é preciso esperar que a correnteza diminua. “É impossível fazer mergulho nesse momento, a correnteza está fortíssima, então a gente aguarda mais um pouco, para poder diminuir”, afirmou.

O major faz um alerta para os jovens que insistem em tomar banho em igarapés que estão inundados. Falcão falou ainda com relação aos cuidados que as pessoas precisam ter em caso de casas que alagam. É preciso, segundo ele, desligar o padrão de energia para evitar acidentes por descarga elétrica.

“Nesse momento que enche e transbordam os igarapés de Rio Branco, normalmente os jovens, crianças e adolescentes procuram esses locais para tomar banho. Recomendamos que jamais façam isso, porque a correnteza nos igarapés é muito mais forte do que no rio, então é totalmente propício para afogamentos”, alertou o major.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.

%d blogueiros gostam disto: