Segunda ossada achada amarrada no Rio Juruá era de adolescente de 12 anos que foi decapitado


Por Adelcimar Carvalho, G1 AC, Cruzeiro do Sul

Adolescente estava amarrado ao outro corpo também achado no rio em Cruzeiro do Sul. Laudo deve apontar como os dois foram mortos.

A segunda ossada encontrada por um pescador dentro do Rio Juruá, na tarde deste domingo (28), no município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, foi identificada como sendo do adolescente Vanisson dos Santos Freire, de 12 anos.



O adolescente estava desaparecido desde terça-feira (23), após ter saído de casa, no Guajará (AM), com o amigo Daniel Teles Martins da Silva, de 22 anos, o segundo corpo achado amarrado ao adolescente. Os dois corpos serão levados para a cidade amazonense, onde serão velados e enterrados.

A identificação do corpo foi feita pela mãe do garoto no Instituto Médico Legal (IML). Após fazer o reconhecimento, a mãe ficou em estado de choque e não quis falar com a imprensa.

O Corpo de Bombeiros, que fez o resgate das ossadas, disse que o adolescente também estava com as costelas quebradas.

Os dois corpos ainda devem passar por análise de um legista, que vai apontar a causa da morte. A única informação confirmada pelo IML é que o menor foi decepado.


Notícias Relacionadas