Sinhasique cobra contratação imediata de médicos aprovados em concurso público


Da Assessoria

DSC_0007

A líder da oposição na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputada Eliane Sinhasique (PMDB), reclamou da falta de médicos e, consequentemente, da demora no atendimento das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Rio Branco.
“Na última quinta-feira, eu estive na UPA do Tucumã e lá pude constatar com a escala médica que, de fato, não tem médico. Se tem médico de manhã, não tem médico a tarde. Se tem médico a noite, não tem médico de manhã. Enfim, estão faltando médicos para atender a nossa população”.
E reclama ainda que, quando presentes nas UPAs, os médicos atendem apenas urgências e emergências. “Os casos de dengue, de dor de barriga, de dor de ouvido, de chikungunya, de leptospirose, não estão sendo atendidos”, criticou.
Outra objeção que faz é quanto ao redirecionamento de pacientes para outras unidades hospitalares. “UPA do 2° Distrito manda paciente para UPA do Tucumã. UPA do Tucumã manda paciente para a UPA da Sobral. Quando não tem mais para onde empurrar, mandam para o Posto de Saúde. No entanto, os postos também não possuem médicos”.
Para solucionar o problema, a parlamentar pediu imediata contratação de médicos que passaram em concurso público. “Eu espero que a Secretaria de Saúde seja mais ágil, mais eficiente na contratação dos médicos. Pois os poucos médicos que temos trabalhando nas UPAs estão sobrecarregados. A população está doente e não aguenta ser empurrada de uma unidade para outra sem receber atendimento”.


Notícias Relacionadas