Siga-nos

Aguarde processando...

X

Câncer está entre as doenças que mais matam no Brasil

naom_55c3c1d6e14c8

Patologia fez mais de 13 mil óbitos do Distrito Federal apenas em 2013. O Ministério da Saúde estima que, em 2015, ocorra mais 576 mil novos casos no país
O câncer é uma das doenças que mais faz vítimas no Brasil. Em 2013, cerca de 2,7 milhões de pessoas foram diagnosticadas com a patologia, conforme a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). A enfermidade é ocasionada devido a um conjunto de fatores que se desenvolvem de forma desordenada provocando tumores em diversos órgãos. Em razão disso, no dia 27 de novembro é lembrando o Dia Nacional de Combate ao Câncer, que tem como principal objetivo ampliar o conhecimento da população sobre como funciona o tratamento e/ou prevenção.
Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que em 2015 ocorra 576 mil novos casos entre homens e mulheres, número que causa preocupação entre os médicos. Doutor Anderson Silvestrini, oncologista do Hospital Santa Luzia, em Brasília, afirma que várias outras doenças predispõem ao câncer, como infecção pelo HPV e cirrose, por exemplo.
“O câncer não é uma só doença. Qualquer célula do corpo pode dar origem a tumores, através de alterações moleculares e genéticas causadas, por exemplo, pela exposição aos produtos do cigarro ou radiação ionizante (radiação que possui energia suficiente para ionizar átomos e moléculas). As células do corpo começam a crescer desenfreadamente causando tumores”, explica o especialista. De acordo com o médico, o consumo do cigarro é o principal responsável pelo aumento da patologia. “O tabagismo desenvolve o câncer, pois pode provocar tumores na boca e na garganta, bem como no pulmão e até na bexiga”, completa.
Segundo o Ministério da Saúde, houve óbito de 13,9 mil pessoas no DF por causa do câncer, somente em 2013. O número representa cerca de 2,3% da população brasiliense. O especialista, afirma que o número de novos casos varia de acordo com o gênero. “Estima-se que o câncer de próstata, desenvolvido na população masculina, irá se desenvolver em cerca de 70 mil homens no Brasil, em 2015. O câncer de mama, por sua vez, poderá acometer cerca de 72 mil mulheres”, certifica.
PREVENÇÃO
Para o médico, a melhor forma de prevenir a patologia é de uma maneira bem simples: cuidando da saúde. “O câncer pode se desenvolver de várias maneiras. Um dos principais fatores é o tabagismo, mas a má alimentação e também da radiação solar, responsável pelo câncer de pele, por exemplo”, explica e complementa: “Hábitos saudáveis são primordiais: alimentação balanceada, assim como exercícios físicos regulares aliados à exclusão do álcool e tabaco da rotina são atitudes muito bem-vindas a quem não quer desenvolver um câncer”, conclui o especialista.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.