Siga-nos

Aguarde processando...

X

Adolescente de 17 anos espera cinco anos para vingar morte do irmão

Um crime de homicídio motivado por vingança foi registrado na trade de domingo (22) no município de Tarauacá.
O jovem Ronieldo de Sá Madeiro, de 20 amos, foi assassinado com 15 facadas desferidas por um adolescente de 17 anos que de acordo com o que a polícia conseguiu apurar o motivo do crime foi vingança da morte de um irmão do menor ocorrido em 2010 quando Ronieldo Sá, atual vítima matou a golpes de faca um irmão do adolescente que esperou cinco anos para vingar a morte.

Segundo informações o crime aconteceu na rua Capitão Hipólito no bairro Triângulo. A vítima caminhava para casa após participar de uma partida de futebol quando foi interceptado pelo adolescente armado de faca e um comparsa identificado pelo nome de Sandro da Silva Lima, de 20 anos, que estaria armado de escopeta.
Ao avistarem Ronieldo Sandro teria efetuado um disparo de escopeta na direção do rapaz que tentou fugir correndo para um matagal onde foi perseguido e morto com pelo menos 15 perfurações a faca.
Após o crime a dupla fugiu, antes porém deixou claro que o motivo era vingança pela morte do adolescente ocorrida em 2010 por causa de um boné.

O crime de 2010

Na época, um grupo de jovens passava no cruzamento das Ruas João de Paiva e Floriano Peixoto, bem próximo ao prédio do DEPASA. Um desses jovens (o assassino) teve O boné arrancado de sua cabeça por um outro jovem (vítima). Na tentativa de recuperar o seu boné criou-se uma confusão, o jovem puxou uma faca da cintura e desferiu os golpes na vítima ( a vítima da época era irmão do menor que matou Ronieldo) Depois de receber a facada jovem ainda conseguiu correr até as proximidades do Banco do Brasil sendo perseguido pelo assassino. Foram três facadas. Uma no braço e duas nas costas. A Polícia chegou em seguida, prendeu o assassino e tentou socorrer a vítima. Na época o garoto começou a sangrar muito pelo braço e antes de chegar ao hospital ele morreu. O corte do braço havia atingido uma artéria e o garoto não resistiu. Na época o assassino, era menor, foi apreendido e encaminhado ao abrigo de menores infratores.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.