Juiz pergunta a vítima de abusos: “Por que não fechou as pernas?”



Aconteceu no Canadá. Uma jovem de 19 anos, sem-abrigo, disse ter sido vítima de abusos sexuais e o caso seguiu para tribunal, onde o juiz decidiu fazer algumas questões que acabaram por o deixar sob investigação.
Após o inquérito, conta o Independent, Robin Camp absolveu Alexander Scott pelo crime de violação que ocorreu em setembro do ano passado.
Quanto à jovem, o juiz limitou-se a fazer perguntas consideradas sexistas: “Porque é que não te colocaste de forma a impedir a penetração”, “Por que é que não fechou as pernas?”, cita a fonte britânica.
O caso ficou ainda mais confuso quando a mulher disse que perguntou ao estuprador se este tinha um preservativo, questão essa que levou o juiz Camp a chegar à “conclusão inegável de que se ele tivesse um [preservativo], ela ficaria feliz por fazer sexo com ele”.
Estas declarações levaram o Tribunal Federal do Canadá a suspender Camp das suas funções, impedindo-o de julgar qualquer caso que chegasse no tribunal.


Notícias Relacionadas