Mulher fica nua em praça no centro de Rio Branco



Família já foi localizada no Rio de Janeiro. Irmã vem busca-la em Rio Branco.

Família já foi localizada no Rio de Janeiro. Irmã vem busca-la em Rio Branco.

Uma mulher aparentando idade entre 40 a 45 anos protagonizou uma cena inusitada na manhã desta terça-feira (03) na Praça da revolução em frente o Quartel Geral da Polícia Militar em Rio Branco ao ficar completamente nua e pendurasse no pergolado da Praça afirmando que estaria fazendo um protesto.
De acordo com testemunhas a mulher chegou ao local vestida e com uma mochila nas costas. Em seguida ela perguntou aos populares o que aconteceria se ela ficasse nua no local, quando foi informada que seria presa por atentado ao pudor.
A mulher tirou as roupas e ficou completamente nua em seguida pendurou-se no pergolado da Praça e perguntava quem a levaria para o Céu do Mapia no Amazonas, pois ela queria voltar para casa.
Em poucos instantes uma multidão se formou em volta da mulher foi detida pela Polícia Militar e levada até o Quartel Geral.
Enquanto isso a imagem da mulher nua pode ser vista em várias redes sociais e foi através de uma dessas redes que um morador do município de Bica do Acre no Amazonas informou que a mulher já teria feito o mesmo naquela cidade, pois teria sido expulsa do Céu do Mapiá (Comunidade Daimista) por ter misturado o Santo Daime a drogas.
Família de mulher nua mora no Rio de Janeiro e vem busca-la no Acre
Segundo a Polícia Militar a mulher foi levada ao Quartel da Polícia Militar em seguida após vestir uma roupa que estava na mochila foi encaminhada ao Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e outras Drogas – CAPS, onde foi confirmado que a mulher esteve internada por duas vezes em um dos leitos da ala de saúde mental do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco –HUERB e que a última entrada foi registrada no dia 28 e ela teria fugido dia 30.
Assistentes sociais do CAPS conseguiram conversar com a mulher que horas tinha falas dentro da normalidade, outros momentos oscilava entre o real e o imaginário e durante essa conversa foi possível extrair informações que levaram o setor de Assistência Social localizar uma irmã da mulher que reside na cidade do Rio de Janeiro que afirmou que a família já estava a procurada da mulher em vários estados do Brasil.
Uma irmã da paciente chegará nesta quarta-feira (04) da cidade do Rio de Janeiro buscar a mulher para o seio familiar.




Notícias Relacionadas