Audiência vai discutir apagões nos Estados do Acre e Rondônia


Da Assessoria

Na próxima quinta-feira (05), representantes do Ministério de Minas e Energia, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), da Eletrobrás e da Eletronorte estarão reunidos em Rio Branco para uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Acre com o objetivo de discutir os apagões que afetaram os estados do Acre e Rondônia neste ano. O encontro, marcado para às 10 horas no plenário da Assembleia Legislativa, é promovido pelo gabinete do senador Jorge Viana, em parceria com a Aleac e apoio do governo do Estado do Acre e governo federal.
“Foram mais de cinco apagões, alguns deles com seis horas desligadas. Os prejuízos são incalculáveis. Nós já tivemos justificativa das autoridades aqui, em Brasília, mas quero que essa justificativa seja dada ao povo, à sociedade acreana. E não há espaço melhor do que a própria Assembleia Legislativa”, disse Jorge Viana durante discurso no plenário nesta terça (03).
De acordo com o parlamentar, medidas já foram adotadas pelo governo federal para evitar novos desligamentos. Mas, ele defende que outras ações precisam ser tomadas nesse sentido, como estabelecer uma central de operações na região Norte, onde a energia é gerada. “Não dá para a operação do Acre e Rondônia ser feita a partir de Brasília”, contesta.
Ciência e Tecnologia
Jorge Viana também anunciou da tribuna outra audiência pública que está programada para a próxima segunda-feira (09), na Universidade Federal do Acre, para tratar do Projeto de Lei da Câmara que trata da regulamentação da Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil. A proposta do evento organizado pelo gabinete do senador é reunir a comunidade científica do estado, dirigentes de instituições de pesquisa e representantes da educação para tratar deste tema que ele considera atual e da maior importância para o país.
“Estou convidando a minha fundação de origem, que é a Fundação de Tecnologia do Acre, a Fundação de Amparo à Pesquisa, a Embrapa e a própria universidade para este debate. Eu não tenho dúvida de que o Brasil vai dar um salto enorme com essa legislação porque vai criar caminhos para que se transforme conhecimento em bons negócios. As universidades não podem estar fechadas. Eu acho que há um muro invisível que não permite que haja uma conexão direta da comunidade universitária com o que ocorre lá fora”.
Visita do Ministro do Turismo
A visita do ministro do turismo, Henrique Alves, ao Acre no próximo dia 19 de novembro foi outro anúncio feito por Jorge Viana. O convite havia sido feito pelo parlamentar durante uma audiência que ele manteve ao lado do prefeito Marcus Alexandre para tratar das obras do Shopping Popular de Rio Branco. O ministro fará uma visita às obras e também tratará da situação do aeroporto de Rio Branco, para que seja devolvido seu status de internacional.
“Nós vamos reunir todo o setor que trabalha com turismo. O Brasil tem um potencial extraordinário e a gente não usa. O nosso aeroporto perdeu status de aeroporto internacional porque as instalações aeroportuárias não permitem. Com um esforço do governador Tião Viana, está sendo feita a reforma da pista e no terminal de passageiros as obras já estão bem avançadas. Com o Ministro Henrique Alves vamos anunciar a luta para que o aeroporto de Rio Branco volte a ter o status de aeroporto internacional, o que é muito importante na área de fronteira, sob pena de nós colocarmos em risco até a aviação dos países vizinhos”, declarou o parlamentar que agradeceu ainda ao empenho do ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, e à presidente Dilma pelos recursos liberados.


Notícias Relacionadas