Padrasto mata enteada e a joga em fogão à lenha porque menina comeu seu bolo


Do r7

Um padrasto assassinou a enteada de 9 anos de idade e jogou o corpo da menina em um forno a lenha porque ela deu uma mordida em seu bolo.
O acusado, que não teve nome divulgado, bateu a cabeça da menina contra uma parede de tijolos antes de empurrá-la em um incinerador. Ele mostrou como realizou o crime, usando um manequim em tamanho real.

Padrasto assassinou enteada de 9 anos de idade e jogou o corpo da menina em um forno a lenha porque ela deu uma mordida em seu bolo.

Padrasto assassinou enteada de 9 anos de idade e jogou o corpo da menina em um forno a lenha porque ela deu uma mordida em seu bolo.



A descoberta da tragédia foi feita depois que os serviços de proteção à criança notaram que a menina tinha desaparecido.
Depois de interrogatório da polícia russa, o padrasto admitiu ter perdido a paciência e amarrado a menina, a agredindo por ter sido desobediente.
Padrasto assassinou sua enteada de 9 anos de idade e jogou o corpo da menina em um forno a lenha porque ela deu uma mordida em seu bolo.

Ele disse à polícia que precisou voltar à casa a cada duas horas para colocar mais lenha no fogão.

Ele disse à polícia que precisou voltar à casa a cada duas horas para colocar mais lenha no fogão.

Após o assassinato, o homem levou o corpo à sua antiga casa, que estava vazia, acendeu o fogão à lenha e a jogou lá.
Ele disse à polícia que precisou voltar à casa a cada duas horas para colocar mais lenha no fogão.
O padrasto e a mãe da criança estão presos e suas sentenças acontecerão nos próximos meses.

Fonte: TheSun


Notícias Relacionadas